Arquivo de ‘Dicas’ categoria

Dica – Explicando os tipos de pincéis de pele

Pincel é aquela confusão que ces já sabem. A gente chega na loja, vê aquele montão de opção e se desespera. Pois acalme-se rs. Já fiz um post aqui no blog explicando os principais tipos de pincéis de olho (veja aqui) e quais são os essenciais pra montar um kit próprio. Hoje, trouxe os pincéis de pele -os mais usados- e pretendo fazer a mesma coisa, falar um pouco sobre cada um e apontar qual você realmente precisa ter. Tá um post bem completo!

 

12386408b028ae3154c8cff0ae731eac(Foto retirada do site Makeup.com)

  • Tapered Foundation Brush: é aquele famoso “língua de gato” pra aplicar base que praticamente toda marca tem, super fácil de encontrar (inclusive em marcas baratinhas). Serve pra base líquida e cremosa. Ao usá-lo, cobertura tende a ficar um pouco mais pesadinha; indico justamente se você quiser uma cobertura mais alta e concentrada. Já se você quiser um acabamento mais natural pra base, esse não é o pincel ideal para aplicação (logo abaixo vou mostrar pra vocês o mais indicado) porque ele, justamente, concentra mais produto, as pinceladas vão marcando mais. Eu, geralmente, uso esse pincel pra aplicar corretivo em áreas maiores.

 

  • Rounded Foundation Brush: pincel redondo pra aplicar base; são aqueles kabuki, com topo redondo (ou retinho mesmo, cortado) e os duo fiber. Existem vários famosinhos, como o 187 da MAC ou o F80 da Sigma, mas você também encontra em marcas baratinhas, como Vult, Macrilan e Dailus (já viram como a Dailus tá com uns pincéis ÓTIMOS?). Serve pra base líquida, cremosa e em pó. Esse são meus queridinhos pra essa função: espalham muito bem o produto, não deixam as pinceladas marcadas e dão um ar mais natural, um efeito “airbrush”, sem ficar aquela máscara. Sempre aplico base com ele.

 

  • Flat Concealer Brush: pincel língua de gato, com cerdas sintéticas e firme, pra aplicar corretivo líquido e cremoso (funciona melhor com o cremoso). É praticamente uma miniatura do primeiro aqui da lista. Como ele é bem firme, dá pra concentrar a quantidade certa de corretivo e aplicar em áreas pequenas, como manchas, espinhas e olheiras (no caso das olheiras, não acho que ele aplique da melhor forma, ao final da lista vou deixar minha sugestão), coisa pontual mesmo.

 

  • Precision Concealer Brush: pincel de precisão pra aplicar corretivo. Tem a mesma função do pincel acima: aplicar corretivo em áreas menores e específicas, onde a base não corrigiu. Perfeito pra aplicar corretivo em espinhazinhas mínimas e nas laterais do nariz. Aplicando corretivo só nesses “defeitinhos”, você evita que a maquiagem fique carregada demais porque está, justamente, cobrindo só aonde é realmente necessário, ao invés de cobrir o rosto todo.

 

  • Powder Brush: é aquele redondo e gordão pra aplicar . Se você gosta de aplicar pó no rosto todo, é melhor que ele seja bem grandão pra já conseguir pegar áreas maiores. Quanto mais denso, mais pesada ficará a cobertura. Quanto mais espaçadas forem as cerdas, mais natural ficará a aplicação. Vai de gosto mesmo e de como você costuma usar o pó.

 

  • Blush Brush: pincel pra aplicar blush. Dá mais certo com blush em pó; se for blush cremoso, indico que você use um pincel redondo de base (kabuki ou duo fiber), porque ele “pega” mais produto, ou então aplique com o dedo mesmo porque dá super certo. Quanto menor ele for, mais concetrada será a aplicação do blush; caso ele seja maior, o produto ficará mais esfumado.

 

  • Angled Brush: pincel chanfrado pra aplicar blush e fazer contorno. Também funciona melhor pra produtos em pó. Gosto muito de aplicar blush com ele porque como meu rosto é redondo, prefiro o blush mais na lateral do que no topo das bochechas. Fica perfeito pra fazer contorno porque encaixa direitinho no “buraco” do ossinho da bochecha, excelente pra fazer com pó mais escuro.

 

  • Pincel redondo pra corretivo (extra): resolvi colocar mais um na lista (não está na montagem) que acho essencial! É o pincel redondo pra corretivo: seria uma miniatura do pincel redondo de base, porque ai encaixa perfeitamente na área das olheiras, e permite uma aplicação maravis, sem deixar pincelada nenhuma, sem sujar o dedo, e ainda dando uma cobertura alta, já que é aplicado numa área bem específica. O exemplo perfeito dele é o Pro Airbrush Concealer #57, da Sephora. Já resenhei ele aqui no blog e expliquei direitinho como uso (veja aqui).

Se eu fosse montar um kit do zero, e tivesse que ser mais contida em relação aos pincéis, escolheria o Rounded Foundation Brush, o Flat Concealer Brush, o Powder Brush, o Angled Brush e o Pincel Redondo pra Corretivo. Com esses pincéis você consegue ter um kit completinho, cobrindo praticamente todas as funções de maquiagem, com aplicação excelente!

Espero que tenham gostado! Qualquer dúvida, é só falar ai nos comentários 😉

Dica – Tom de blush perfeito pro seu tipo de pele

Hoje não deu pra rolar o “Esmalte da Semana” porque minha unha no momento está um caco haha gente que coisa horrível, só vou fazê-las amanhã, pra que fiquem perfeitas na virada. Segunda que vem tudo volta o normal, prometo.

Mas hoje, pra compensar, tem dica super legal e útil. O que mais a gente vê por ai é gente usando blush de maneira errada, né? É daqueles itens MUITO fácil de aplicar erradamente, tem que usar com cuidado, senão parece que levou um soco nas bochechas, ou então virou palhaça kkkk.

Uma coisa que influencia muito no uso correto do blush, além da quantidade aplicada, é o tom. Existe uma gama enorme, dos mais abertos -bem Barbie- até os mais fechados, como o roxo e o “tijolo”. Por isso, devemos escolher aquele que melhor casa com nosso tom de pele.

tom de blush perfeito pra cada tipo de pele - makeup.com(Foto retirada do Makeup.com)

A peles bem clarinhas se dão super bem com os tons pastéis, bem “pálidos”. Se você souber aplicar com cuidado, dá até pra usar o blush “Barbie”, em pouquinha quantidade.

As peles morenas, de tom médio, devem escurecer mais o blush. Blushes de tom pêssego, mais alaranjados, combinam perfeitamente. É como se desse uma “aquecida” na cor do blush. Nesse caso, os blushes muito pálidos nem dão sinal de vida.

As peles negras combinam com blushes mais fechados, como os terracotas e roxos. Olhando assim, parece que um blush roxo fica horroroso, mas não. Super orna com a pele negra, fica cor de pele saudável. Blushes pálidos aqui também não aparecem.

Aprenderam? 😀

Ah, fiquem ligadas que amanhã aqui no Ahaza na Make tem tutorial pro ano novo, tá lindo de morrer e tenho certeza que vai ser uma ótima opção!

Dica – Como faço a esfoliação da pele do rosto

Decidi mostrar pra vocês como faço a esfoliação do rosto. Esse é um passo-a-passo que já pratico há anos, e foi mamãe que me ensinou haha desde então venho fazendo 1 vez por semana, sem falta. Antes de tudo, tenho que dizer que eu faço dessa maneira e nunca tive problema, mas nunca parei pra perguntar ao dermatologista. Então, se de repente você não achar adequado, não faça, por favor. Ninguém merece ficar com a pele irritada à toa, né?

Bom, todo mundo sabe que a esfoliação da pele é um item importante, tira as células mortas e bla bla bla. Na prática, dá pra sentir a pele bem mais fininha, mais sedosa, sem aqueles cravinhos superficiais. Como ela é um pouco mais agressiva, acredito que 1 vez por semana seja a quantidade máxima pra se fazer esse tipo de esfoliação.

esfoliante-caseiro-para-o-rostoNuma xícarazinha, ou num potinho pequeno, coloco 3 colherzinhas de chá de açúcar refinado. Depois, misturo com 2 medidazinhas de hidratante. Muita gente faz com mel, ou outras substâncias, mas eu estou acostumada a usar o hidratante corporal mesmo, nunca tive alergias ou irritações, mesmo ele não sendo exatamente adequado pro rosto. Misturo tudo bem misturado com a colherzinha haha a textura fica mais ou menos assim:

esfoliantedeacucar(Foto retirada do site Agittus Calçados)

E ai é só começar a esfregar no rosto. Esfregar com cuidado, ok? Movimentos circulares delicados, pra não machucar a pele porque essa misturinha fica bem áspera. Concentro mais os movimentos na região do nariz, porque é onde geralmente aparecem aqueles cravinhos chatos. O hidratante meio que “acalma” o que o açúcar agrediu, então não sinto absolutamente nada depois da esfoliação.

Após o processo, lavo a pele com o sabonete de rosto (uso o Effaclar, já falei sobre ele nesse post), tirando toda a misturinha. Com a pele seca, passo o tônico adstringente, espero secar e aplico o hidratante em gel (geralmente, uso o tônico e o hidratante da Granado, já fiz resenha nesse post). Assim, a pele fica super suave, tonificada e hidratada.

Se durante a semana eu achar que preciso de mais esfoliação, intercalo com o Creme Esfoliante Facial de Limpeza Profunda Pore Penetrating, da linha Clearskin da Avon. É um creminho que aplico no rosto durante o banho, esfrego suavemente e prontinho. A sensação é de limpeza, além de ser muito refrescante. Com certeza é bem menos agressivo e áspero do que a esfoliação com açúcar, além de se baratinho (você só pode comprá-lo através de uma revendedora Avon). De qualquer maneira, evito ficar fazendo toda hora, senão o efeito acaba sendo contrário e totalmente nocivo.

collage

É isso! Como vocês fazem esfoliação no rosto?

Dica – Ilusão de seios maiores com… maquiagem!

O título do post tá demais né kkkk mas gente, essa dica é MARA pra você tá com aquele evento importante e vai apostar no decotão. Pro dia-a-dia, essa dica é inviável (fala sério né), mas acho que pode ser usada numa ocasião noturna, onde você pode ser mais tchan, mais glamourosa.

Lembram do post onde eu expliquei tudinho sobre a técnica de contorno no rosto? (veja aqui) Então, essa é basicamente a aplicação dessa técnica na região do colo, pra valorizar os contornos e dar a impressão de seios maiores.

Usando um tom de base mais claro que a sua pele pra iluminar, e um tom de base mais escuro pra contornar. E ai é só seguir o modelinho abaixo:

Contorno dos seios - pinsta.me yasmin helena

(Foto retirada do pinsta.me da Yasmin Helena)

Outra cara né? Ou melhor, outros peitchos kkkkkkk

Espero que todas tenham gostado da dica e que treinem em casa! 😉

Dica – Melhor jeito de aplicar corretivo

Muita gente ainda não conseguer acertar a aplicação do corretivo né? Mesmo usando sempre, fica a impressão de que ele não tá bem passado. Isso pode ser por causa do modo que você o aplica!

Na dica de hoje, vou mostrar pra vocês uma foto do Beautylish que ilustra perfeitamente o jeitinho certo de passar o corretivo: aplicar em forma de “triângulo” na área nas olheiras, puxando-o até o centro das bochechas, ao invés de só aplicá-lo nas “bolsinhas” abaixo dos olhos.

Esse modo dá todo um efeito mais ~iluminado~ e, inclusive, disfarça a região como um todo, e não só as olheiras -o que poderia deixar aquele efeito de “panda invertido”. Além disso, ainda é um daqueles passos pra fazer o contorno do rosto, lembram do post que fiz sobre a técnica do contouring?

Melhor jeito de aplicar corretivo - Maskcara.com

Espero que gostem e que tentem em casa 😉